A  M á s c a r a

 

A máscara que puseste e hoje te serve como companhia
Somente para esconder de todos os teus sentimentos
Não adianta porque teus olhos são como o claro dia
E eles acabam por revelá-los em alguns momentos

Com a máscara finges desconhecer tua realidade
Mas o que ela faz é apenas ocultar o teu rosto belo
Tentas encobrir não reconhecendo tua debilidade
E assim não deixas que se quebre da corrente o elo

Tire essa máscara... esqueça... viva plenamente tua vida
Desista de usá-la.. jogue-a fora... pare de fantasiar
Para que teu peito possa fechar essa ferida

Dissimulando caminhas sem rumo tentando superar
O grande amor que perdestes sem despedir-se na partida
E hoje inventas que és feliz! Não queres mais amar!

Vanda Dias da Cruz
Direitos @utorais Reservados
 



 

M á s c a r a
 
A máscara escolhida como companheira
esconde as marcas deixadas pelas lágrimas choradas
por sentimentos não correspondidos
ignorados,  jogados ao chão,
magoando assim, meu apaixonado coração.

Tento esconder minha dor,
não deixando da corrente, o elo se romper
quebrando da vida a vontade de viver

Dissimulando, busco suportar
da partida, o adeus a este grande amor,
um sentimento somente meu...
E hoje, atrás desta máscara, finjo
não mais querer amar!..

Thais S Francisco
" Beija-flor"
Direitos @utorais Reservados

 

Clique na Imagem para Enviar



V o l t a r

 

 

Formatado por Thais "Beija-flor"
Imagem colhida na Internet sem menção a Autoria